HIBRIDISMO, PAISAGEM SONORA PROCESSOS SÓCIO-CULTURAIS

Toda música é resultado de uma combinação de signos que se aglutinam, traduzem, sobrepõem, transformam ao longo de toda a história. Esse processo, denominado hibridação ou mestiçagem, que sempre existiu, intensificando-se a partir das Cruzadas. Ocorre que, com o surgimento das mídias, trocas, intercâmbios, processos de assimilação aumentaram em variedade, em número, passando a se dar em escala planetária e em um intervalo de tempo cada vez mais breve, sobretudo em tempos de comunicações em rede e instantâneas. Esta linha estuda os diversos níveis hibridação da música como linguagem midiática e suas repercussões, nos processos culturais, considerando-se o papel da paisagem sonora e das redes de comunicação.